Eu sei que é raro falar da minha mãe. E embora andemos à turra* muitas e muitas vezes, normalmente sempre pelas mesmas coisas, eu tenho que admitir que eu tenho uma mãe muito engraçada, eu diria mesmo, eu tenho uma mãe espectacular. Era só isso. (Vou continuar com a cabeça enfiada em imunologia).

* cada vez menos, desde que não estamos na mesma cidade.

Sem comentários: