O meu maninho diz que o ponho de rastos, de vez em quando deito-lhe o ego lá para o fundinho (vá lá que não é grave, o ego dele é do estilo Evereste). Eu limito-me a dizer-lhe umas verdades, alguém tem que dizer - o mundo da Alice só estreia para a semana. Ele que experimente ter umas amigas que eu cá tenho.. era andar nas lonas dias a fio. Mas não, levantei-me fresca que nem uma alface (vá, quase, não fosse o cansaço acumulado), cheia de vontade e a pensar que era tão bom ir para longe de tudo este fim-de-semana. Pronta para mais um dia de "fazes tudo mal" e sei que continuarei a sobreviver, com um sorriso, uns dias maior uns dias mais tímido. Ser-se mázinho só para me arrancarem uma reação é totalmente inútil. Também o sei ser, já fui muitas vezes, nos dias de hoje evito. Os meus níveis para ignorar ataques directos são altos. Muitos altos. Revelam anos de treino. Revelam também muitas outras coisas que para aqui não interessam. Deixo aqui o aviso. And you still call me insecure.

2 comentários:

Isabelinha disse...

Na rua Sousa Rosa dão-se cursos em como deitar egos abaixo. Masculinos de preferência. É palestras, debates e tudo, tudo. Dizem que quem dá é uma miúda com curso na matéria e cuja verdadeira residência se situa lá para os lados da Cedofeita. E mais não digo.hasig

Carol disse...

É preciso ter lata.. lol :)