Do dia de hoje, cá


As cores do Outono - se bem que ao passar para aqui as cores perderam-se um bocado.


Este senhor que aqui se vê, acordou muito mal disposto. Ou comeu qualquer coisa estragada. Ou apanhou da mulher. Eu sei lá! Sei que quando saiu de casa eu estava armada de máquina na direcção em que disparei a fotografia e olha para mim muito indignado, depois para o miúdo sentado no degrau - que não se vê - e diz: "volta para os states sua filha-da-p...!"
Bem, o que uns têm de simpáticos, outros falta-lhes a dobrar. Dou-lhe o desconto de hoje ser Dia de Finados e de eu não ser dos states, portanto provavelmente nem era comigo que falava. E Deus nunca disse que distribuiu tudo por todos igualmente, é um facto.


Depois da tempestade vem a bonança e que bom dia de sol ficou hoje!
Estes prédios, apesar de precisarem de uma boas obras, criam um conjunto de cores bastante engraçados. Hoje registei.

1 comentário:

Pedro Oliveira disse...

Tás uma artista, meu. E sim, coitado do senhor. Cá para mim já devia ter umas bujecas pela goela abaixo àquela hora da manhã. Ksss