extremely loud & incredibly close


é um filme bom. muito bom. intenso. desde o início que as personagens souberam fazer-me ficar colada à tela. a dinâmica entre pais e filho. a força que une uma família que se torna aparentemente desligada. a dificuldade que se coloca dia após dia. o difícil que é ou deve ser criar uma criança "diferente". as imagens da cidade de ny e como a criança a resolve percorrer são espactaculares e  incansáveis. confesso que as lágrimas cairam, praticamente desde meio do filme. é tocante e de uma sensibilidade pouco usual nos dias que correm.

Sem comentários: