Às vezes

Às vezes gostava de ter uma caçadeira. Abria a janela, sentava-me no braço do sofá e com toda a minha pontaria começava a acertar em morcegos, um a um. Ohhh gentinha estúpida!! De dia estãoaos  berros, só palavrões, a obrigar os caloiros a fazer sei lá o quê e a chamar nomes aos pais ( que todos os meses pagam uma mensalidade nada barata), de noite continuam aqui aos berros sabe-se lá a fazer o quê em vez de dormirem para aproveitarem a mensalidade que os pais pagam numa faculdade privada. Eram 5h30 e ainda ganiam. Tiveram sorte que adormeci enquanto pensava se me ia doer muito ou não levantar-me e ligar à policia, que está na rua de baixo e atende a todos os meus pedidos. 

(Sim,sou tipo velha nalgumas coisas, querem beber a fazer barulho acho óptimo mas fiquem na própria casa ou num descampado qualquer, o resto do mundo pode não querer ter nada a ver com a festa. Obrigada.)

2 comentários:

Manuel Jorge Marques disse...

My thoughts exactly! Não tenho problema nenhum com que as pessoas se divirtam, mas há limites, especialmente quando invadem a vida dos outros...

Carol disse...

E ouvi-los o dia todo a berrar palavrões violentos dirigidos para a faculdade, não me parece nada bonito.. enfim!