Safe Haven


Gostei do filme, não por ser um filmão, com uma grande história (que não é), ou por ter os actores xpto (que também não tem). Mas por falar nisso tem um actor bem simpático, nada de se deitar fora. Mas gostei, e como o NS já me tem habituado nos livros, uma lágrima cai sempre bem. Ou isso ou são as hormonas. Mas dizia eu, há dias, alturas que também eu gostava de entrar num autocarro, parar incógnita numa mini localidade à beira mar plantada, com um sol sempre presente, e começar. Começar de novo, criar de novo tudo. Quem sabe um dia, já esteve mais longe, já esteve mais perto. Mas há alturas que apetece simplesmente largar tudo.

2 comentários:

start disse...

Eu também gosto dos livros do NS, mas cheguei a uma altura em que já não consigo lê-los nem ver os filmes porque já acho sempre mais do mesmo :s o que é uma pena, porque até à data não me lembro de um único filme em que o protagonista não fosse um "ai jesus" de fazer suspirar as pedras da calçada :$

Carol disse...

Sim, sem dúvida. Já li muitos romances do NS ate há uns anos, mas às tantas era sempre triste. Por acaso nunca tinha visto um filme dele, mas desta vez apeteceu-me suspirar um bocadinho ;)