Ashes to ashes


Faz hoje um mês. Ainda não parece que já não esta cá. Ainda acho que o vou ver descer as escadas. Que nos vai pedir calma. Que vai dar um beijinho ternurento na minha avó. Tivemos, ou realizámos, uma cerimónia muito bonita, uma cerimónia que espero não repetir tão cedo, mas algo cheio de significado, cheio paz, e o dia não podia estar mais bonito, o calor certo, o vento ideal, o mar  com ondulação que devia.