perspectivas

Ter um filho muda-nos a perspectiva com que olhamos para as coisas. Nem que não seja por uns tempos. Há dias em que não sei bem quem sou. Não sei bem para onde vou. Não sei bem o que pensar ou dizer. Isto de ter um mini eu a passear pela casa mas querer que seja mais forte, mais seguro, mais feliz que eu dá cabo de mim. Não mudava por nada. Bem, hão momentos em que mudava por uma espreguiçadeira na praia, mas só para voltar logo de seguida!

Sem comentários: